Bíblia do Caminho Súmulas Biográficas

Sara


Sarah, em citações do N. T. aparece duas vezes Sara (Heb. 11. 11; 1 Pedro 3. 6) [uma princesa]. W

1. A esposa de Abraão, dez anos mais nova, casada com ele em Ur dos caldeus (Gn 11.28-31; 17.17). Ela também era sua meia irmã, sendo filha de seu pai, mas não de sua mãe (20.12). Seu nome era originalmente Sarai, significando talvez magnífico ou contencioso. Quando Abraão passou de Haran para Canaã, Sarai tinha mais ou menos sessenta e cinco anos de idade (12.4). O que evidentemente indica que ela era uma mulher bem preservada, para poder viver cerca de cento e vinte e sete anos de idade; e logo depois de deixar Haran, quando resolveu entrar no Egito, Abraão temeu que a sua beleza atraísse a atenção dos egípcios e os principais para assassiná-lo, e apresentou-a como sendo sua irmã, omitindo o fato de que ela era sua esposa (10-20). Anos mais tarde ele fez isto novamente no tribunal de Abimeleque, rei de Gerar (20.1-18). Por que ele o fez sabemos muito pouco, nem se Abimelech foi influenciado por sua beleza. O rei de Gerar pode ter pensado no desejo de uma aliança com o poderoso comandante hebreu, e, tendo em vista este fim, determinou tomar uma mulher da família imediata de Abraão em seu harém, como era frequentemente feito pelos príncipes daquela época quando eles concluíam alianças. Sarai era sem filhos; e passados cinco anos, vendo ela que era um obstáculo para a promessa feita para Abraão de numerosa posteridade, persuadiu seu marido para tomar Hagar, sua criada, como esposa secundária. Ele fez isso, e se tornou o pai de Ismael (16.1-16). Depois Sarai, quando tinha mais ou menos oitenta e nove anos, recebeu uma promessa de Deus que ela deveria gerar um filho (cp. Hb 11.11,12), e no curso de um ano deu a luz a Isaac o filho da promessa. E quando esta promessa se realizou para si, Deus mudou seu nome para Sarah, significando princesa (Gn 17.15-22; 18.9-15; 21.1-5). Quando Isaac desmamou, seus pais fizeram um grande banquete, em que Sarah viu Ismael, filho de Hagar, zombando dele. Ela insistiu que ambos deviam ser mandados embora (9-21). Sarah morreu em Quiriate-Arba (Hebrom) na idade de 127 anos (23.1, 2), e foi sepultada na caverna de Macpela, que Abraão comprou naquele tempo para um sepulcro de família. — (Dicionário da Bíblia de John D. Davis©


.

Abrir