Bíblia do Caminho Súmulas Biográficas

Filipe


FILIPE APÓSTOLO — FILIPE, O EVANGELISTA


Filipe, o apóstolo W  —  Um dos doze apóstolos (Mt 10.3). Residia em Betsaida, no mar de Galileia, e era um conterrâneo de André e Pedro. Jesus encontrou-o em Betânia além do Jordão, onde João batizava, ganhou sua fé, e chamou-o para ser discípulo. Achou Natanael e trouxe-o a Jesus, na convicção de que uma entrevista com o mestre convenceria Natanael que Jesus era o Messias. Sua confiança foi justificada (Jo 1.43-48). Um ano depois Jesus escolheu-o para ser apóstolo. Quando nosso Senhor estava prestes a executar o milagre de alimentar os cinco mil, ele primeiramente provou Felipe, e despertou nele a concepção da magnitude do milagre ao pedi-lo: “Com que compraremos nós o pão, de que estes necessitam para comer?” (Jo 6.5,6). No dia da entrada triunfal em Jerusalém, certos gregos desejaram ver Jesus, e pediram a Filipe que os pusessem em comunicação com ele (12.20-23). Em tomar conhecimento  com o Cristo, os discípulos haviam tomado conhecimento do Pai; mas quando o Cristo falou-lhes que quem o visse, veria também o Pai, Filipe pareceu não entende-lo: “Mostra-nos o Pai, e basta-nos” (14.8-12). Depois da ressurreição ele foi um dos apóstolos que se encontravam reunidos no quarto alto (At 1.13). Esta é a última notícia autêntica que nós temos dele, tradições eclesiásticas a respeito de sua vida futura são confusas e contraditórias.


Vide mais informações sobre o apóstolo Filipe no Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita.




Filipe, o EvangelistaW — Ele era um dos sete homens de boa reputação, pleno de Espírito e de sabedoria, escolhido para ser diácono e cuidar dos interesses das viúvas gregas e provavelmente dos pobres em geral na igreja em Jerusalém, e é mencionado pela ordem em seguida ao mártir Estêvão (At 6.5). A perseguição que seguiu-se a morte de Estêvão, levou os cristãos a dispersarem-se no estrangeiro. Filipe tornou-se um evangelista. Visitou a Samaria, pregou o Evangelho, fez milagres, e converteu a muitos (8.4-8; 21.8). Entre eles estava Simão, o feiticeiro, popularmente conhecido como Simão Mago (8.9-25). Mais tarde, por orientação de um anjo, Filipe seguiu ao longo da estrada de Jerusalém a Gaza, onde depois de certo tempo, encontrou um etíope eunuco a quem pregou e batizou (26-39). Ele depois visitou Azoto, e continuou a pregar até alcançar Cesareia (40). Ele ainda estava nessa cidade alguns anos mais tarde quando Paulo passou por ele em sua última viagem para Jerusalém; e é de notar-se que Filipe teve quatro filhas virgens que tinham o dom da profecia (21.8,9). — (Dicionário da Bíblia de John D. Davis©


.

Abrir