Bíblia do Caminho Antigo Testamento

Josué   Ee

(Vulgatæ Editionis)

CAPÍTULO 10

(Versículos e sumário)

10 Adonisedec, rei de Jerusalém, tendo ouvido que Josué tomara, e destruíra a cidade de Hai, (porque ele fez a Hai, e ao seu rei o que fizera a Jericó, e ao seu rei) e que os gabaonitas se tinham passado para Israel, e se tinham feito seus aliados,

2 Teve muito medo. Porque Gabaon era uma cidade grande, e uma das cidades reais, e maior do que a cidade de Hai e todos os seus guerreiros mui valentes.

3 Enviou pois Adonisedec rei de Jerusalém seus mensageiros a Oham rei de Hebron, e a Faran rei de Jerimoth, e Jafia rei de Laquis, e a Dabir rei de Eglon, para que lhes dissessem:

4 Subi a mim, e dai-me socorro, a fim de tomarmos a Gabaon, porque ela passou para Josué, e para os filhos de Israel.

5 Pelo que unidos saíram os cinco reis dos Amorreus com as suas tropas, o rei de Jerusalém, o rei de Hebron, o rei de Jerimoth, o rei de Laquis, o rei de Eglon, e se acamparam junto a Gabaon, sitiando-a.

6 Os habitantes porém da cidade sitiada de Gabaon, mandaram dizer a Josué, que estava então acampado em Galgala: Não recuses acudir em socorro de teus servos; vem depressa, e livra-nos, e dá-nos socorro; porque se uniram contra nós todos os reis dos Amorreus, que habitam nos montes.

7 Subiu pois Josué de Galgala, e com ele toda a gente de guerra, homens valentíssimos.

8 E o Senhor disse a Josué: Não o temas, porque eu os entreguei nas tuas mãos. Nenhum deles te poderá resistir.

9 Josué pois tendo marchado toda a noite desde Galgala, deu de repente sobre eles.

10 E o Senhor os pôs em desordem à vista de Israel; e Josué fez neles grande estrago junto a Gabaon, e os foi perseguindo pelo caminho que sobe a Beth-horon, e dando neles até Azeca e Maceda.

11 E quando eles iam fugindo dos filhos de Israel, e estavam na descida de Beth-horon, fez o Senhor cair do céu grandes pedras em cima deles até Azeca; e morreram mais pela chuva de pedra que lhes caiu, do que pelos golpes da espada dos filhos de Israel.

12 Então falou Josué ao Senhor naquele dia, em que entregou os Amorreus nas mãos dos filhos de Israel, e disse em presença deles: Sol, detém-te sobre Gabaon;  n e tu, lua, para sobre o vale de Ajalon.

13 E o sol e a lua pararam, até que o povo se vingou de seus inimigos. Não está isto escrito no livro dos justos? Parou pois o sol no meio do céu, e não se apressou a pôr-se durante o espaço dum dia.

14 Não houve nem antes nem depois dia tão comprido, obedecendo o Senhor à voz dum homem, e pelejando por Israel.

15 E Josué voltou com todo o Israel para o campo de Galgala.

16 Mas os cinco reis tinham fugido, e se tinham escondido numa cova da cidade de Maceda.

17 E noticiaram a Josué, que se tinham achado os cinco reis escondidos numa cova da cidade de Maceda.

18 E ele ordenou aos que o acompanhavam, e disse: Arrastai umas pedras bem grandes para a boca da cova, e ponde homens capazes, que guardem os que nela estão escondidos;

19 vós porém não estejais assim parados, mas persegui os inimigos, e matai os fugitivos que forem ficando atrás; nem deixeis entrar nos castelos das suas cidades aqueles, que o Senhor vos entregou nas mãos.

20 Tendo feito pois grande destroço nos inimigos, e quase até o ponto de os acabar de todo, aqueles que puderam escapar de Israel, se acolheram às cidades fortes.

21 E todo o exército voltou para Josué a Maceda, onde então era o campo, sem ter recebido dano algum nem perdido um só homem; e ninguém se atreveu a boquear contra os filhos de Israel.

22 E mandou Josué, dizendo: Abri a boca da cova, e trazei-me cá os cinco reis, que nela estão escondidos.

23 E os ministros fizeram como lhes fora mandado; e tirando da cova os cinco reis, trouxeram à presença dele o rei de Jerusalém, o rei de Hebron, o rei de Jerimoth, o rei de Laquis, o rei de Eglon.

24 E tendo sido conduzidos perante ele, chamou a todos os varões de Israel, e disse aos príncipes do exército que estavam com ele: Ide, e ponde o pé sobre os pescoços destes reis. Tendo eles chegado, e posto os pés sobre os pescoços dos subjugados reis,

25 disse-lhes de novo: Não temais, nem vos acovardeis, tende ânimo e sede robustos; porque assim fará o Senhor a todos os vossos inimigos contra quem pelejais.

26 E Josué os feriu, e lhes tirou a vida, e os mandou pendurar em cinco lenhos. E estiveram assim pendurados até à tarde.

27 E ao pôr do sol, mandou aos sócios que os descessem dos patíbulos. E depois de descidos os botaram na cova, em que tinham estado escondidos, e puseram na boca da mesma umas grandes pedras, que ali se conservam até hoje.

28 No mesmo dia tomou também Josué a Maceda, e a passou ao fio da espada, e matou ao seu rei, e a todos os seus habitantes; não deixou nela com vida nem sequer um. E houve-se com o rei de Maceda, assim como se tinha havido com o rei de Jericó.

29 De Maceda passou a Lebna com todo o Israel, e pelejando contra ela;

30 O Senhor a entregou com o seu rei nas mãos de Israel. E passaram ao fio da espada a cidade, e todos os seus habitantes; não deixaram nela resto algum. E trataram o rei de Lebna, assim como tinham tratado o rei de Jericó.

31 De Lebna passou a Laquis com todo o Israel; e postado com o exército em torno da cidade a combatia.

32 E o Senhor entregou Laquis nas mãos de Israel, que a tomou no seguinte dia, e passou ao fio da espada e a toda a gente que estava dentro, assim como fizera em Lebna.

33 Neste tempo subiu Horão rei de Gazer, em socorro de Laquis; mas Josué o derrotou com todo o seu povo sem ficar um só.

34 E de Laquis passou a Eglon, e a sitiou,

35 E no mesmo dia tomou; e fez passar ao fio da espada toda a gente que estava dentro, conforme tudo o que fizera a Laquis.

36 Passou depois com todo o Israel de Eglon a Hebron, e combateu contra ela;

37 Tomou-a, e passou também ao fio da espada ao seu rei, e a todos os povos daquela região, e a toda a gente, que nela morava; não deixou ali a ninguém com vida; assim como tinha feito a Eglon, assim também fez a Hebron, passando à espada tudo o que encontrou nela.

38 Dali voltou a Dabir,

39 Que ele tomou e destruiu; passou também ao fio da espada o seu rei e a todos os povos do contorno; não deixou nela relíquia alguma; e assim como tinha feito a Hebron e Lebna e aos seus reis, do mesmo modo obrou com Dabir e com o seu rei.

40 Arrasou pois Josué todo o território das montanhas e do Meio-dia e das campinas, e a Asedoth com os seus reis; não deixou ali resto algum, mas matou tudo o que tinha fôlego, assim como lho tinha ordenado o Senhor Deus de Israel,

41 Desde Cadesbarne até Gaza. Todo o país de Gosen até Gabaon,

42 E a todos os reis e a todas as suas terras, de uma mesma expedição tomou e devastou; porque o Senhor Deus de Israel pelejou por ele.

43 E voltou com todo o Israel para o acampamento de Galgala.



Sol : Os antigos acreditavam que o sol girava em torno da Terra, daí o fato de Josué ter ordenado que o sol parasse sua marcha naquele momento sobre Gabaon.

Há imagens desse capítulo, visualizadas através do Google - Pesquisa de livros, nas seguintes bíblias: Padre Antonio Pereira de Figueiredo edição de 1828 | Padre João Ferreira A. d’Almeida, edição de 1850 | A bíblia em francês de Isaac-Louis Le Maistre de Sacy, da qual se serviu Allan Kardec na Codificação.

Veja também as seguintes versões: Corrigida e revisada, fiel de Almeida; A Hebrew - English Bible — JPS 1917 Edition; La Bible bilingue Hébreu - Français — “Bible du Rabbinat”, selon le texte original de 1899; Parallel Hebrew Old Testament by John Hurt


.

Abrir