Bíblia do Caminho Testamento Redentor

Epístola de S. Paulo aos Romanos  † 

(Vulgatæ Editionis)

CAPÍTULO 9

(Versículos e sumário)

9 Digo a verdade em Cristo, não minto; a minha consciência no Espírito Santo me dá testemunho,

2 Que tenho grande tristeza e contínua dor no meu coração.

3 Porque eu mesmo, pelo Cristo, desejara ser anátema para meus irmãos que são do mesmo sangue que eu segundo a carne.

4 Que são os israelitas, adotados como filhos, dos quais são a glória, a aliança, a legislação, o culto e as promessas;

5 De cujos patriarcas, segundo a carne, descende o Cristo de Deus, que está acima de todos, bendito por todos os séculos. Amém.

6 Não é que haja falhado a palavra de Deus. Porque nem todos os que são de Israel, são israelitas.

7 Nem todos os que são da linhagem de Abraão são seus filhos; porque de Isaac é que há de sair a estirpe, que há de ter o teu nome. ( † )

8 Isto é, não são os filhos da carne, os filhos eleitos por Deus, mas os filhos da promessa, esses são contados como descendência.

9 Porque a palavra da promessa é esta: Por este tempo virei, e Sara terá um filho( † )

10 E não somente ela, mas também Rebeca concebeu de Isaac, nosso pai.

11 Quando eles ainda não haviam nascido, nem tampouco feito bem ou mal (para que os desígnios de Deus, segundo sua eleição, prevalecessem),

12 Não pelas obras [porque não haviam nascido], mas pela vocação deles, foi dito a ela: O mais velho servirá ao mais moço( † )

13  Segundo o que está escrito: Amei Jacob e menosprezei Esaú( † )

14 Que diremos pois? Há porventura iniquidade em Deus? É certo que não.

15 Pois disse a Moisés: Eu me compadecerei de quem quiser, e usarei de clemência com quem for do meu agrado( † )

16 Portanto, isto não depende do nosso querer, nem tampouco da vida que temos, mas da misericórdia de Deus.

17 Porque diz a Escritura a Faraó: Para isto mesmo eu te levantei, para mostrar em ti o meu poder; e para que seja anunciado o meu nome por toda a terra( † )

18 Consequentemente, tem misericórdia de quem quer, e endurece a quem quiser.

19 Dir-me-ás então: De que se queixa ele ainda? Porquanto, quem é o que resiste à sua vontade?

20 Mas, ó homem, quem és tu, para replicares a Deus? Porventura o vaso de barro dirá a quem o modelou: Por que me fizeste assim?

21 Acaso não tem poder o que modela para, com certeza, fazer de uma mesma massa um vaso para honra e outro para desonra?

22 Porquanto se Deus, querendo mostrar sua ira e fazer notar seu poder, suportou com muita paciência os vasos da ira, preparados para a morte,

23 A fim de mostrar as riquezas da sua glória nos vasos de misericórdia, que preparou para a glória.

24 Os quais nos chamou, não só dentre os judeus, mas também dos gentios.

25 Assim como ele diz em Oseias: Chamarei povo meu ao que não era meu povo; e amado, ao que não era amado, e que alcançou misericórdia( † )

26 E acontecerá que no lugar onde se lhes disse: Vós não sois já meu povo, se lhes dirá: Vós sois os filhos do Deus vivente. ( † )

27 Isaías clama acerca de Israel: Se o número dos filhos de Israel for como a areia do mar, as relíquias serão salvas. ( † )

28 Porquanto o Senhor cumprirá em breve e equitativelmente sua palavra sobre a terra.

29 E assim como predisse Isaías: Se o Senhor dos exércitos nos não tivera conservado alguns da nossa geração, teríamos sido como Sodoma, e ter-nos-íamos tornado tais como Gomorra. ( † )

30 Que diremos, pois? Que os gentios que não seguiam a justiça, abraçaram a justiça, e a justiça que vem da fé.

31 Mas Israel que, em verdade, seguia a lei da justiça, não chegou à lei da justiça.

32 Por quê? Porque não a encontraram pela fé, mas porque confiaram nas obras da lei, tropeçaram na pedra de tropeço,

33 Conforme o que está escrito: Eis que ponho em Sião o que servirá de pedra de tropeço, e pedra de escândalo( † ) e todo aquele que nele crê não será confundido( † )



Há imagens desse capítulo, visualizadas através do Google - Pesquisa de livros, nas seguintes bíblias: Padre Antonio Pereira de Figueiredo edição de 1828 | Padre João Ferreira A. d’Almeida, edição de 1850 | A bíblia em francês de Isaac-Louis Le Maistre de Sacy, da qual se serviu Allan Kardec na Codificação. Veja também: A versão Corrigida e revisada, fiel de Almeida; Novum Testamentum Graece 28th revised edition, edited by Barbara Aland and others; Parallel Greek New Testament by John Hurt


.

Abrir